inventado #1

mato-me a tentar entender o que se passa. estou fraca e sinto-me a desvanecer, quase a morrer. assim que me deixei cair sobre a minha cama, onde o meu corpo ficou ali, exactamente como o deixei, os meus olhos não aguentaram mais e fecharam-se. ainda ouvi o telefone tocar, sabia que não eras tu. deixei-o tocar. escorreram-me lágrimas pelos olhos de uma forma estranha e sem motivo. estava desmotivada. passaram-me mil e uma imagens pela cabeça e todas elas tinham uma coisa em comum: tu. os pensamentos desvaneceram-se e as coisas começavam-se a parecer reais. estava aqui no meu quarto, quando ouvi bater à porta. ia falar mal e dizer que não queria falar com ninguém, quando ouvi a tua voz: 'posso entrar?'. levantei-me num lapso, belisquei-me e esfreguei os olhos para verificar se eras real:
- claro, entra!
- era só para ver como estavas. deixei de te ver e fiquei um pouco preocupado contigo.
- pois, não tenho saído...
- amanhã passo por cá, para irmos dar uma volta. tenho saudades tuas.
- está bem, depois vemos isso.
- tenho que ir embora. até amanhã.
assim que fechaste a porta arrependi-me de tudo. devia de ter dito que não, que não queria ir sair contigo. ou melhor, queria, mas não podia. que se estava mal a culpa era tua. que me deste esperanças e fizeste acreditar em algo que nunca existiu. e falas em saudades? passados dois meses é que te lembras de mim. a minha cabeça estava a arrebentar. quando acordo com o telefone a tocar. doía-me a cabeça, estava ainda mais cansada. afinal não passou de um sonho. olhei para o telemóvel que não parava de tocar, e eras tu. outra vez.

(inventado)

9 comentários:

Jú S disse...

que lindo! :)
sim, mas também existem relações e relações e eu agora ao olhar para trás, para o meu primeiro namorado a sério sei que o que sentia por ele não era amor. isso é tudo muito complexo para podermos concretizar

Jú S disse...

acredito meu anjo, mas ele também fez-te mal...

tânia. disse...

acho que desta vez não é :x

ana pinto disse...

muito obrigada, por vezes custa mas tudo se resolverá.

como se chama a música? lindissima.

Jú S disse...

vais ver que ainda vais sentir que existem coisas para sempre, pode demorar, pode custar, mas vais ver que isso vai acontecer :)

tânia. disse...

as vezes uma simples frase toca, e sei lá fui o que eu senti.
estamos sempre mal, então temos que fazer por isso. temos que ter força e olha, sei lá :s
não em um significado próprio :x

Jú S disse...

já passo por isto há quase um ano e meio, e já sei o que é! sei precisamente o que sinto hoje e o vou sentir amanhã, e isso ainda se torna mais duro :$
mas ele vale isto tudo e isso é o que verdadeiramente me importa <3

tânia. disse...

mesmo :o

catarina disse...

adoro o blog, já sigo linda (: