as folhas batem umas contra as outras, as ervas raspam-me nas pernas, o vento choca com tal força na minha cara, os troncos das árvores rasgam as minhas roupas, as nuvens cinzentas enchem o céu, e eu perdi a força, perdi o rumo á minha vida. não me encontrei mais, desconhecia o sitio onde estava. não começou a chover mas pouco faltou. deparei-me com um rio, rio de água fria e alguma profundidade. molhei os pés, as pernas, as mãos, a barriga, os ombros, o pescoço, até que entrei totalmente naquela água fria. deixei de sentir o meu corpo, deixei-me flutuar e assim me mantive durante um bom tempo, deixei aquele mesmo rio escolher o meu destino. e é assim que vou andar, não vou precionar, não vou obrigar, não vou pensar mais, vou simplesmente deixar acontecer!


inêsrebelo

9 comentários:

Vanessa disse...

Obrigada minha querida :)

o teu blogue é tão querido *.*

CatarinaMello disse...

também sou viciada ihih :b
Acredita que as "amigas" são as que nos fazem pior -.- eu cheguei a entrar em depressão, falando mesmo aserio, foi a pior fase da minha vida :/ tive de continuar a viver, mas desta vez, com os olhos muito mais abertos ! :x

anne disse...

Tão lindo*
Tambem estou a seguir :)

Catarina disse...

obrigada minha querida.
Está lindo o teu texto

30 seconds to mars ♥ adorei por completo este cover +.+

Sara. disse...

Obrigada Inês :)
Também gostei muito do teu blog!

Coelha ♥ disse...

lindo *-*
obrigado por me seguires , também vou seguir-te :)

júlia disse...

está lindo,
estou a seguir <3

júlia disse...

ownti, gosto imenso +.+

júlia disse...

adoro textos que contém citações da natureza,
como o vento, as folhas,
está lindo <3