fuck the distance


e agora, quando faltam duas semanas para nunca mais te ver decides dizer-me tudo aquilo? como é suposto em ficar? o que queres que eu sinta afinal? se eu te contasse que desde à muitos meses atrás é em ti que eu penso e é contigo que eu quero estar, se eu te dissesse que sonhei mil e uma noites contigo, te desejei do meu lado vezes sem conta, que odiava quando me contavam coisas sobre ti, que ficava a morrer quando sabia das outras coisas que fazias com as outras raparigas, e se tu soubesses disso? sempre gostei de ti como ninguém. e agora, quando faltam menos de duas semanas para eu nunca mais te ver dizes-me tudo aquilo. que me amas, que sou a rapariga que mais queres fazer feliz, tudo aquilo que me disseste. como queres que fique? odeio-te por isso e amo-te por tudo! foi necessário eu seguir em frente, para isto. mas ainda há uma incerteza a invadir-me todos os dias, mil e uma questões a explodirem-me na minha cabeça, faltas de coragem ridículas, ausências sentidas. e as vezes que precisei de ti? foram tantas. se pudesse, tu não ias. ficavas cá, comigo ou sem migo. mas lembra-te: vais sempre fazer falta. amo-te!
e que se foda a distância, vais estar sempre aqui

25 comentários:

tânia. disse...

óh, ou menos percebes-me! :')

catarina disse...

gosto boe @
muita força linda, e mais vale ele dizer tarde o que sente, do que nunca (:

© hurricane disse...

força <3

catarina disse...

sim, percebo. mas enquanto ele não for embora ainda pode mudar alguma coisa, ou não? /:
mesmo que ele vá embora, pelo menos ficas a saber que sente o mesmo.

maria inês disse...

muita força, a sério <3

catarina disse...

e falares com ele sobre isso? acho que te podia ajudar a perceberes se ele te ama mesmo, ou se o melhor é esquecer. :s

catarina disse...

mas espera até ele ir embora, pode ser que ainda faça qualquer coisa, não sei :s

adriana disse...

sigo-te também! adoro :)

Patrícia disse...

Obrigada querida :)

vânia disse...

ou talvez não seja suficientemente forte para definir o fim daquele caminho. gostei *

adriana disse...

de nada, ora essa :)

vânia disse...

obrigada. também te vou seguir *

vânia disse...

de nada querida.
no meu blog ainda não apareceu que me segues :s

adriana disse...

que fofinha, linda! :)

vânia disse...

que estranho :s

adriana disse...

nada disso :)

Patrícia disse...

Obrigadíssima querida :)

Também estou a seguir*

vânia disse...

não :s
é mesmo estranho porque mal me seguem aparece logo.

vânia disse...

que estranho :s

adriana disse...

ahah, pronto querida :)

catarina disse...

nem sei que te dizer linda, mas desejo-te a maior das forças, e se voçês tiverem de ficar juntos, acredita que ficaram <3

maria inês disse...

eu acredito, querida, mas não desanimes! (:

carolina disse...

ainda bem querida *-*

Inês Laranjeira disse...

é uma enorme verdade aquela frase (:

Inês Laranjeira disse...